Chegada do verão cria onda do emagrecimento com ‘produtos milagrosos’

Produtos milagrosos, a onda do verão.

Agora é hora de surgir promessas com noz da índia e a ‘fruta da moda’ noni.

Daqui uns dias, em 22 de dezembro, o verão chega.

E essa temporada vem com férias de muita gente, viagem para a praia e a vontade de mostrar um pouco mais o corpo do que de costume.

Por isso a onda de dietas e programas de emagrecimento tradicionalmente ganham mais importância nessa época do ano. Cuidado com produtos milagrosos.

Há quem também ache que precisa melhorar um pouco os números da balança, mesmo que todo mundo diga o contrário.

Independente do objetivo, diminuir o peso é algo que precisa de cuidados muito além de simplesmente fechar a boca ou deixar de comer um alimento ou outro.

“O emagrecimento está cercado de informações equivocadas, que se não forem esclarecidas, podem colocar a dieta e a saúde em risco”.

Explica a especialista em nutrição clínica e nutrição funcional Ticiane da Cruz Croda.

Produtos milagrosos

O principal problema na hora de brigar com a balança é achar que dietas extremamente restritivas darão resultado.

Ou ainda copiar o que uma outra pessoa fez também pode não funcionar porque cada organismo tem uma exigência alimentar diferente.

Aí que aparece os produtos milagrosos.

Outra triste notícia:

Obter resultados rápidos para emagrecer e “milagrosos”

Com garantia de manter a saúde não existe.

“No dia a dia do consultório, atendo muitos pacientes que me procuram para obter os verdadeiros milagres, que na realidade não existem, e junto com esse desejo surgem vários mitos”, indica Croda.

Quando se restringe muito a alimentação, o maior risco é de perda de músculo, a chamada massa magra.

O efeito, a curto prazo, parece satisfatório porque os “quilinhos” vão embora.

No médio e longo prazo os problemas aparecem.

Quando se perde massa magra.

Qualquer outro emagrecimento futuro torna-se mais difícil.

Produtos Milagrosos

O que acontece no seu corpo é que ele entende que precisa comer muito mais para garantir que o peso seja estabilizado.

Leia também: http://www.vivermaiscomsaudealoevera.com.br/sucos_naturais

PRODUTOS MILAGROSOS

A nutricionista Ticiane Croda pontuou os mitos e verdades desses alimentos.

Noz da Índia

É preciso avaliar com cuidado se essa semente realmente tem o poder de acelerar a perda de peso.

Para que o organismo não seja afetado de forma negativa, pois o consumo indiscriminado e sem orientação pode ser tóxico ou causar desconforto gastrointestinal.

Em fevereiro, Ana Claudia Salles, de 38 anos, morreu depois de sofrer parada cardiorrespiratória no posto de saúde do bairro Nova Bahia, em Campo Grande.

Ela usava noz da Índia desde 2015 e teve complicações:

Como falta de ar, inchaço, cansaço, fraqueza no corpo e queda de pressão.

Por conta de uma lesão no fígado, com derramamento da bílis, ela parou de usar o produto natural, mas infelizmente veio à óbito.

Chá verde

Ajuda a diminuir gordura corporal, funciona bem para prolongar a sensação de saciedade e acelera o metabolismo.

É considerado alimento termogênico, com ação antioxidante e ajuda a combater o colesterol ruim.

Pode também melhorar o humor e a digestão.

“Podemos considerar o chá verde um bom auxiliar para a redução de peso, só precisamos tomar cuidado.

Quando tomado em excesso, ele pode provocar vários efeitos colaterais.

A cafeína presente no chá verde pode provocar insônia.

Além disso, ela pode aumentar a secreção gástrica, que leva à gastrite“, detalha a nutricionista.

Gengibre

É um alimento termogênico, ou seja, aumenta a temperatura do corpo e, com isso, obriga o organismo a gastar mais energia. Isso acelera o metabolismo e a queima de gordura.

Ele não precisa ser consumido puro e pode ser ingerido como chá ou tempero na comida.

Noni

Fruta proveniente do sudeste asiático, que vem ganhando muita notoriedade nos últimos tempos devido aos relatos de que a mesma propicia efeitos milagrosos no que se refere a emagrecimento.

Na realidade, a fruta não tem esse poder.

“Não há estudo científico que comprove a existência de substâncias que caracterizam o noni como uma fruta que ajuda a emagrecer.

A única pesquisa feita com o noni foi com o intuito de analisar quais são os efeitos dessa fruta no processo de hipertensão arterial, nada mais”, alerta a especialista.

DIET AJUDA?

Achar que ingerir produtos diets pode significar garantir perda de peso não é correto. Alimentos nessa categoria são ricos em gorduras e calorias.

Por isso, a ausência de açúcar não garante resultado prático na balança.

Eles são mais aproveitados para quem é diabético e segue dieta com restrições.

No caso de alimentos definidos como light, há redução direta em algumas características alimentares.

Em média, há 25% a menos de calorias, gordura ou sódio.

Eles são indicados para pessoas que precisam perder peso.

“Não podemos esquecer uma coisa essencial: emagrecer e emagrecer com saúde são coisas diferentes.

A busca pela boa forma depende de um trabalho que leva algum tempo e que a paciência e a persistência devem estar sempre conosco”, resumi a nutricionista Ticiane Croda.

Não existe milagre e nem produtos milagrosos.

E, sim uma boa alimentação saudável.

Extraído do Correio do Estado: http://www.correiodoestado.com.br

**Se você gostou deste post, por favor considere “curtir” a minha fan page. Recomende abaixo e compartilhe com seus amigos**. Obrigada! Um grande abraço

 

Quer Aumentar as Visitas de seu Site? Sim!  Então vem comigo! 

 

Magda Elena

Magda Reis é artesã e adora fazer artesanatos. Desde fevereiro de 2016 começou um novo empreendimento no Marketing Digital. Com Várias dicas de saúde e receitas, podendo ajudar pessoas a transformar vidas pelo Marketing Digital em seu Blog Saúde e Bem Estar. Sejam Bem Vindos!

Website: http://www.vivermaiscomsaudealoevera.com.br

Deixe aqui seu comentário!