“Beber 2 Taças de Vinho por dia reduz mal de Alzheimer!”

Olá! Hoje vamos falar sobre Mal de Alzheimer é a causa mais frequente de demência, declínio cognitivo que compromete a memória e a concretização de tarefas diárias.

A primeira dica é clássica: ter hábitos saudáveis. De acordo com um estudo, uma alimentação rica em folhas verdes, por exemplo, pode retardar em quase dez anos a perda de memória.

A idade habitual de diagnóstico ronda, em média, os 70 a 80 anos, mas pode aparecer logo aos 40. Afeta principalmente mulheres e vários estudos epidemiológicos mostram-nos que a sua prevalência aumenta de modo dramático com a idade.

«A partir dos 65 anos, o risco duplica com cada década de vida», alerta a neurologista Belina Nunes.

Além de reduzir o risco de contrair doenças cardiovasculares e de desenvolver o câncer, beber 2 taças de vinho por dia pode ajudar também o cérebro a eliminar toxinas associadas ao mal de Alzheimer.

De acordo com um novo estudo publicado na revista Scientific Reportsuma ingestão moderada da bebida pode ajudar a reduzir as chances de uma pessoa ter a doença.

No entanto, o consumo em excesso tem o efeito contrário.

mal de Alzheimer

Mal de Alzheimer é uma das doenças degenerativas mais temida da atualidade.

Já que, pouco a pouco, elimina as lembranças e modifica o comportamento.

É importante não confundirmos os sintomas do Alzheimer precoce com sintomas comuns à pessoas que estejam envelhecendo.

Certas coisas, como pequenos esquecimentos, a tomada de decisões erradas sem querer e até mesmo perder alguma coisa de vez em quando.

Fazem parte do processo de envelhecimento humano e são naturais.

Incurável, ainda não há bases comprovadas para prevenção, mas sabe-se que o diagnóstico precoce pode atrasar seu desenvolvimento.

Descubra a seguir quais são os sintomas do mal de Alzheimer na fase inicial.

A tabela apresentada, pretende alertar para a importância de estar atento a sinais que não sendo por si só reveladores de patologia.

Justificam uma avaliação médica e psicológica.

 

Sinais de alerta
O que é normal no envelhecimento

Esquecer-se de parte ou da totalidade de um acontecimento

Ter uma vaga lembrança de um acontecimento

Progressivamente perder a capacidade de seguir indicações verbais ou escritas

Manter a capacidade de seguir indicações verbais ou escritas

Progressivamente perder a capacidade de acompanhar a história de uma novela ou filme

Manter a capacidade de acompanhar a história de uma novela ou filme

Esquecer-se progressivamente de informação que conhecia, como dados históricos ou político

Esquecer-se de nomes ou palavras, mas recordá-los posteriormente

Perder progressivamente a capacidade de, autonomamente, se lavar, vestir ou alimentar

Manter a capacidade de se lavar, vestir, alimentar, apesar das dificuldades impostas pelas limitações físicas

Progressivamente perder a capacidade de tomar decisões

Tomar uma decisão errada pontualmente

Progressivamente perder a capacidade de gerir o seu orçamento

Cometer erros ocasionais, por exemplo a passar um cheque.

Não saber em que data ou estação do ano está

Ficar confuso sobre o dia da semana em que se encontra, mas lembrar-se mais tarde

Ter dificuldades em manter uma conversa, não conseguindo manter o raciocínio ou lembrar-se das palavras

Esquecer-se, às vezes, de qual a melhor palavra a usar

Esquecer-se do local onde guardou um objeto e não ser capaz de fazer o processo mental retractivo para se lembrar

Perder alguma coisa de vez em quando, mas conseguir encontrá-la através do seu raciocínio lógico

 

 

 

 

 

 

 

Mal de Alzhimer doença silenciosa

Os cientistas estudaram os efeitos do álcool em cobaias vivas.

Os ratos que ficaram um longo período com um alto nível de álcool no sangue tiveram com as células astrócitos, importantes na regulação do sistema glinfático (localizado no cérebro), mais propensas a inflamações.

Leia este artigo pode lhe interessar também: Alzheimer uma doença silenciosa que atinge milhões de pessoas

 

mal de Alzheimer

 Já os camundongos expostos a baixos níveis de consumo de álcool, equivalentes a cerca de 2 copos de vinho por dia.

Tiveram um resultado diferente, com o sistema glinfático mais eficiente na remoção de células ruins – além de diminuir o nível de inflamação cerebral.

 

Beba com moderação e desfrute dos benefícios do vinho. Saúde!

Fonte: Exame

Se gostou do artigo compartilhe com seus amigos. Obrigada!

 

Um grande abraço.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1.052 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

 

 


Quer Posicionar seu site e vender ? Sim!  Então vem comigo!  

 

Magda Elena

Magda Reis conheceu o Empreendedorismo Digital e agora quer mostrar como é simples e prazeroso trabalhar em casa. Artesã - Doceira e com artigos sobre Saúde e Bem Estar. Sejam Bem Vindos!

Website: https://www.vivermaiscomsaudealoevera.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *